Cida Borghetti é empossada governadora na Assembleia Legislativa

 Assembleia Legislativa empossou, em sessão especial nesta sexta-feira (6), Cida Borghetti no cargo de governadora do Paraná. Cida é a primeira mulher a ocupar o posto em definitivo no Poder Executivo. Ela assume a cadeira em razão da renúncia de Beto Richa. Após prestar o juramento constitucional e assinar o termo de posse, ressaltou no seu pronunciamento o compromisso de trabalhar incansavelmente pelo desenvolvimento do Estado e o bem-estar dos paranaenses.

A governadora lembrou a sua trajetória como deputada estadual por duas vezes e reafirmou o seu carinho pelo Poder Legislativo. “Foi aqui que iniciei a minha carreira em cargos eletivos, onde 101 leis de minha autoria foram aprovadas. Foram dois mandatos muito produtivos, que me deram preciosa experiência, bons amigos e a verdadeira dimensão do valor desta Casa”.

Sobre os desafios a partir de agora, Cida lembrou ainda que assume o governo no seu melhor momento, como consequência dos ajustes fiscais promovidos recentemente e que colocaram o Paraná em condições favoráveis no cenário nacional. “Devo, em respeito à verdade, dizer que assumo o governo no melhor período. Plantamos o bem e a colheita não poderia ser melhor, finanças em ordem, serviços públicos preservados, salários pagos em dia e obras de infraestrutura e melhorias em todo o Estado. Pelo esforço empenhado e pelo resultado conquistado só há uma opção, seguir pelo carinho traçado, aperfeiçoando as ferramentas que nos dão vigor de quem faz o futuro acontecer hoje”.

A gestão municipalista foi outro compromisso firmado pela governadora. Ela disse que pretende trabalhar conjuntamente com os prefeitos e vereadores, em busca do crescimento do Paraná. “Quero e peço o apoio dos 399 prefeitos do Paraná. Os prefeitos conhecem bem a minha postura municipalista, e sabem que sou defensora intransigente da atenção às cidades e aos cidadãos”.

Boas mãos – O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), destacou a competência de Cida Borghetti e que o Estado está em boas mãos a partir de hoje. “Esta Casa abre as portas para o povo do Paraná para dar o testemunho e apoio a esta que é uma das mais importantes solenidades. Aqui, Cida, foi o seu nascedouro político. Conhecemos a sua competência, a sua sensibilidade e habilidade e temos certeza que este será o seu estilo no governo”.

Traiano disse que o Poder Legislativo não faltará ao apoio ao governo nos importantes temas e que dizem especialmente ao interesse dos paranaenses, numa legítima parceria institucional e republicana. “Conte com esta Casa naquilo que for de interesse e de positivo aos paranaenses. Tenho certeza que mesmo com o trabalho da Oposição, que ajuda inclusive no contraponto necessário, auxiliará naquilo que melhorar o dia-a-dia dos da nossa gente”.

O primeiro secretário, deputado Plauto Miró (DEM), leu o termo de posse da governadora. Além dele, o segundo secretário, deputado Jonas Guimarães (PSB), o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Renato Braga Bettega, o deputado federal Ricardo Barros, representando a Câmara Federal, além do reitor da Universidade Federal do Paraná, Ricardo Marcelo Fonseca, a desembargadora Nair Maria Lunardelli Ramos, representando o Tribunal Regional do Trabalho da 9ª região, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Durval Amaral, o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Paraná, Ivonei Sfoggia, e do defensor público geral, Eduardo Abraão, compuseram a mesa.

 

Fonte: Alep 

01/01/1970 00:33
www.nelsonjustus.com.br