Breve Breve
Curitiba
Irati
São José dos Pinhais
Guaratuba
Foz do Iguaçu
Imbituva
Matinhos
Terra Roxa
Piraquara
Piraí do Sul
Iporã
Araucária
São Pedro do Ivaí
Prudentópolis
Lapa
Antonina
Morretes
Fazenda Rio Grande
Colombo
Bocaiúva do Sul
Contenda
Jandaia do Sul
Kaloré
Ortigueira
Paranaguá
Guaraqueçaba
Cascavel
São Mateus do Sul
Apucarana
Pitanga
 
 
  Cadastre seu e-mail e receba notícias do Deputado
 

Mais Buscadas

Notícias
Imprimir Enviar Contato
Transparência

Justus promete transparência

O presidente da Casa afirmou que será “nos próximos dias” a votação do projeto que torna pública a relação de nomes dos funcionários do Legislativo e dos gastos de gabinete dos deputados.

O presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Justus (DEM), anunciou ontem durante a retomada dos trabalhos parlamentares que vai colocar em votação “nos próximos dias” o projeto que torna pública a relação de nomes dos funcionários do Legislativo e dos gastos de gabinete dos deputados. Justus não estipulou uma data para a votação da proposta, que está sendo esperada desde o fim do ano passado.

O anúncio de publicação na internet dos nomes dos servidores que ocupam cargos comissionados na Casa e em que cada deputado gasta a verba de ressarcimento mensal de R$ 27 mil foi feito no ano passado, depois de uma série de denúncias levantadas há seis meses pela Gazeta do Povo sobre a contratação de funcionários fantasmas no Legislativo de 2000 a 2004.

O projeto foi elaborado pela própria Mesa Executiva da Casa, mas os detalhes ainda não foram divulgados. Além dos nomes dos servidores e gastos dos parlamentares, devem ser disponibilizadas na internet outras informações como a relação quadrimestral das despesas do Legislativo e a execução orçamentária.

Havia expectativa de que fosse votado no fim do ano passado, mas Nelson Justus adiou a discussão para o retorno dos trabalhos, que coincide com o início do seu segundo mandato de dois anos como presidente da Assembleia. Segundo ele, a pauta estava muito cheia em dezembro e faltou tempo antes do recesso parlamentar para discutir a proposta.

Agora o projeto está pronto, mas não há previsão de entrar em pauta de imediato. Em seu discurso, Nelson Justus anunciou que a divulgação pela internet começaria em março, mas após a solenidade, disse aos jornalistas que não gosta de estabelecer prazos, deixando dúvidas sobre quando realmente a medida será colocada em prática. “Só posso adiantar que quero resolver o mais rápido possível e que não vou recuar um só passo na busca permanente da transparência”, afirmou.

Antes de colocar em votação, o presidente quer conversar com todas as bancadas para comunicar a medida administrativa e recolher sugestões de aperfeiçoamento. Ele afirmou que para elaborar o projeto foram ouvidos constitucionalistas, representantes de assembleias legislativas de outros estados e do Ministério Público do Paraná.

A tentativa de melhorar a imagem da Assembleia diante da opinião pública surgiu depois que o chamado esquema gafanhoto veio à tona.

A suspeita da Polícia Federal (PF), do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público Estadual (MP) é de que vários funcionários dos gabinetes dos deputados autorizavam que seus salários fossem depositados em uma única conta bancária, movimentada pelo parlamentar, por parentes ou aliados.

Um dos focos da investigação da polícia e do MP é saber se terceiros apropriavam-se dos salários. Outro é descobrir se havia servidores recebendo dinheiro público sem trabalhar. A investigação envolve 52 deputados e ex-deputados – todos indiciados, em despacho da Justiça Federal, como suspeitos de participação no caso. Mas até agora, nada ficou comprovado.

Desde julho do ano passado o trabalho da PF e do MPF sobre o caso gafanhoto está parado. Todos os 74 inquéritos abertos, um para cada conta bancária suspeita, foram remetidos para a Procuradoria do MPF em Porto Alegre, que está analisando a competência da investigação.

Gazeta do Povo - Kátia Chagas

03/02/2010
« Notícia anterior
Deixe sua opinião
 
Nome:
E-mail:
Opinião:
 
 
Mais Artigos
 
26/09/2015
-
CCJ da Assembleia Legislativa tem novo auditório
25/09/2015
-
Auditório Legislativo é inaugurado e CCJ ganha novas instalações
25/09/2015
-
Nelson Justus reitera compromisso com o litoral.
09/08/2015
-
Nelson Justus cumprimenta pelo Dia dos Pais
26/07/2015
-
Nelson Justus fala sobre comprometimento com a região do litoral
04/07/2014
-
Participativo e atuante, Marcos da Ambuância não mede esforços para o
07/03/2014
-
Jornal Notícias - Guaratuba
06/03/2014
-
Nelson Justus se reúne com a Polícia Ambiental para ouvir reclamações
10/02/2014
-
Deputado Nelson Justus se destaca por sua atuação pública e mudanças n
02/02/2014
-
Nelson Justus tem marcado sua atuação pública a partir da capacidade d