Breve Breve
Curitiba
Irati
São José dos Pinhais
Guaratuba
Foz do Iguaçu
Imbituva
Matinhos
Terra Roxa
Piraquara
Piraí do Sul
Iporã
Araucária
São Pedro do Ivaí
Prudentópolis
Lapa
Antonina
Morretes
Fazenda Rio Grande
Colombo
Bocaiúva do Sul
Contenda
Jandaia do Sul
Kaloré
Ortigueira
Paranaguá
Guaraqueçaba
Cascavel
São Mateus do Sul
Apucarana
Pitanga
 
 
  Cadastre seu e-mail e receba notícias do Deputado
 

Mais Buscadas

Notícias
Imprimir Enviar Contato
CCJ aprova emendas a projeto que trata de subvenções do Estado a hospitais filantrópicos

 Em sessão recheada de debates a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou na tarde desta terça-feira (3) as quatro emendas de Plenário apresentadas ao projeto de lei  154/2016, de autoria do Poder Executivo, normatizando a concessão de subvenções sociais pelo Estado aos hospitais públicos ou privados filantrópicos sem fins lucrativos, reconhecidos como de utilidade pública por lei estadual e que estejam sob regime de intervenção administrativa ou judicial. Duas das emendas promovem adequações de texto, uma propõe que o valor das subvenções seja calculado com base em unidade de serviços efetivamente prestados aos usuários do SUS, e outra define que os recursos não integrarão o percentual mínimo constitucional para o financiamento das ações e serviços públicos de saúde.

Entre as propostas discutidas estava o projeto de lei nº 901/2015, de autoria do deputado Marcio Pacheco (PPL), proibindo a inauguração e a entrega de obras públicas incompletas ou que, embora concluídas, não estejam em condições de atender a população. A matéria teve parecer favorável defendido pelo deputado Pastor Edson Praczyk (PRB), mas a votação foi adiada para atender pedido de vista do líder do Governo, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB). Como tramita em regime de urgência, o presidente da CCJ, deputado Nelson Justus (DEM), convocou reunião extraordinária para esta quarta-feira (4), às 13h30, no Auditório Legislativo da Casa.

Debates – O projeto de lei nº 861/2015, de autoria do deputado Felipe Francischini (SD), tratando do direito dos clientes de academias desportivas ou estabelecimentos privados do segmento esportivo de livremente contratar e usufruir de serviços de treinador particular em suas dependências, concentrou boa parte das discussões travadas na reunião da CCJ. A matéria teve parecer contrário do relator, deputado Pedro Lupion (DEM), sob o argumento de que envolve relações comerciais e trabalhistas e, desta forma, está fora da competência de legislação da Assembleia; e voto em separado do deputado Bernardo Ribas Carli (PSDB), para quem se trata de relação de consumo, que admite a competência concorrente dos Legislativos estaduais. Vários membros da comissão se manifestaram, a favor e contra. Por fim a maioria acabou aprovando o parecer de Carli pela aprovação do texto, que segue agora para análise de mérito em outras comissões técnicas, como a de Esportes, que é presidida pelo parlamentar tucano.

Foram aprovados o projeto de lei nº 639/2015, assinado pelos deputados Marcio Pauliki (PDT), Maria Victoria (PP), Chico Brasileiro (PSD), Evandro Araújo (PSC) e Professor Lemos (PT), instituindo o Dia da Mobilização pelos Direitos dos Migrantes, Refugiados e Apátridas; o projeto de lei nº 87/2016, da deputada Maria Victoria, instituindo o Dia do Comércio Exterior; e a emenda apresentada pela Comissão de Indústria e Comércio ao projeto de lei nº 469/2015, do deputado Bernardo Carli, obrigando fornecedores de produtos ou serviços a informarem o histórico dos preços dos produtos e serviços em promoção.

Foram rejeitados o projeto de lei nº 821/2015, de autoria do deputado Ney Leprevost (PSD), implementando senhas de classificação de risco nas unidades ambulatoriais e hospitalares da rede de saúde pública; e oprojeto de lei nº 845/2015, assinado pelo deputado Fernando Scanavaca (PDT), que visava assegurar o direito do registro do nascimento no município em que tiver ocorrido o parto ou de residência dos pais.

Fonte: Assessoria de Imprensa Alep.

Fotos: Pedro de Oliveira - Alep.

03/05/2016
« Notícia anterior
Deixe sua opinião
 
Nome:
E-mail:
Opinião:
 
 
Mais Notícias
 
30/10/2017
-
Richa autoriza regularização de 1.000 imóveis em Guaratuba
29/10/2017
-
Estado vai contratar estudos para obra da ponte de Guaratuba
12/10/2017
-
Autorizado a construção da Ponte sobre Rio Cubatão
03/10/2017
-
Mais 9 cidades recebem recursos para seus municípios
19/09/2017
-
NELSON JUSTUS PARTICIPA DA ASSINATURA DE CONVÊNIO
08/08/2017
-
NELSON JUSTUS PARTICIPA DA ASSINATURA DE CONVÊNIO PARA ACADEMIAS AO A
31/07/2017
-
Recursos serão destinados para obras de pavimentação, compras de maqui
26/07/2017
-
Assinatura convênio Pá Carregadeira ao Município de Piên
17/07/2017
-
VISITA AO MUNICÍPIO DE MANDIRITUBA
13/07/2017
-
Terra Roxa recebe viatura para Policia Civil